Título: RoomHate

Autora: Penelope Ward

Editora: Createspace Independent

Ano: 2016

Número de Páginas: 280


Sinopse: Dividir uma casa de verão com um companheiro de quarto quente como o inferno deveria ser um sonho se tornando realidade, certo? Errado! Não quando o meu companheiro é Justin. A única pessoa que eu havia amado, e que agora me odeia.

Quando minha avó morreu, recebi como herança a metade de sua casa localizada na ilha Aquidneck; havia apenas um pequeno problema: a outra metade iria para o garoto que ela ajudou a criar.

O mesmo garoto que virou o adolescente cujo coração eu quebrei anos atrás.

O mesmo adolescente que agora é um homem com um corpo rígido e uma personalidade rigorosa para corresponder. Eu não o via há anos, e agora estamos morando juntos porque nem um de nós está disposto a desistir da casa.
A pior parte? Ele não veio sozinho.
Logo perceberia que há uma linha tênue entre amor e ódio. Por baixo desse sorriso presunçoso eu podia ver que o garoto que uma vez conheci, ainda está lá. Então, essa é a
nossa conexão. O problema? É que eu não posso ter Justin, porém, nunca lhe
desejei tanto quanto agora.

Classificação:



Olá queridos leitores, a resenha de hoje será do livro (aaah *.*)  RoomHate.

Foi meu primeiro contato com a autora Penelope Ward, e, após o término desse livro, posso afirmar que ela ganhou mais uma leitora de suas obras. Há um tempo não me via envolvida com uma estória a ponto de chorar (gente, eu não choro com livros, ou, pelo menos, não chorava). Espero sinceramente que alguma editora brasileira compre os direitos autorais dessa obra ♥ #FicaDica .

Há um tempo, os romances publicados estão na mesmice (mocinho rico, mocinha desajeitada e blábláblá). Não me leve a mal, eu gosto da mesmice, porém estava precisando de um romance que me levasse a outro nível e encontrei isso no RoomHate. Li em apenas um dia. Simplesmente, abandonei tudo que tinha para fazer. Minha mãe dizia: “Gleyce não quer conversar comigo, então vou ficar falando até ela prestar atenção no que estou dizendo” (risos). Fazer o quê se o livro me prendeu? 



O romance conta a história de Amélia e Justin. Eles eram amigos de infância inseparáveis, no qual sempre dividiam pensamentos, lembranças e respeito um pelo outro; e, a todo o momento, cuidavam um do outro. No meio dessa linda amizade, surgiu aquele amor (sabe como é, né?). Além de terem que lidar com esse sentimento novo, eles também tinham que enfrentar problemas familiares. Logo, os dois só tinham um ao outro e a vovó Nana (avó da Amélia). Com tantos problemas e com o medo de perder o que tinham, o sentimento ficou guardado e, como se não bastasse, acontece algo que Amélia resolve fugir. Justin ficou só os pedaços, sem entender porque tinha sido abandonado pela pessoa em que mais confiava.

Após vovó Nana morrer, Amélia recebe a notícia que herdará a casa localizada na ilha Aquidneck em conjunto com Justin, seu ex-melhor amigo que não se vêem há 9 anos. Amélia vai a casa com a esperança de que Justin não fosse aparecer, pois bem, ele apareceu e ainda trouxe sua belíssima namorada.

Amélia não esperava ver Justin tão mudado (em outras palavras, sexy-gostosão-homem). Assim que o vê, sente tudo que sentia quando era mais nova só que, agora, é tudo mais forte e intenso. Porém, Justin que tinha o olhar inocente e o jeito encantador carrega no olhar a raiva e o jeito bruto. Apesar de todas as desavenças eles não podem negar a atração que ainda existe entre eles. Mas não pensem que vai ser fácil, existe tanta coisa por trás desse romance. Depois de um tempo recebemos tantas bombas que, no meu caso, fiquei desnorteada.     



Enfim, não quero dá spoiler, então vou contar algumas coisas que me fizeram amar esse livro. O fato de o livro mesclar entre o presente e passado, a cada capítulo, foi à chave de ouro, terminava sempre ansiosa para saber mais sobre o passado para entender o presente. Afinal o que fez Amélia fugir? 

Motivos para amar Justin:

1. A forma como Justin, apesar do ódio que estava sentindo e seu jeito bruto, nunca “humilhou” Amélia ou a tratou mal na frente de ninguém. (Pelo amor de Deus, quero um Justin na minha vida). 
2. Até quando ainda está com raiva dela ele ainda tem o instinto protetor. (para mim, recebeu mil pontos nesse quesito)
3. Gente, ele é músico ♥.
4. Tem um coração bondoso e mostra em vários momentos.
5. Sexy, sabe o que está fazendo ;)

Amélia também não fica para trás, ela é um personagem feminino forte, determinada e que sabe pedir perdão quando está errada. Para falar a verdade ela também sabe jogar muito bem. Passou por vários momentos difíceis e nunca abaixou a cabeça. Gostei muito dela, queria ser sua amiga HiHi.



Em vários momentos a autora me cativou e surpreendeu de um jeito que fez com que eu risse com eles, brigasse por eles, chorasse com eles; foi uma explosão de sentimentos e sensações sem explicação. A escrita é fluida, leve e direta; ela correu nos momentos que deveria correr e descreveu os momentos certos que mereceram mais atenção. Fazer o quê se ela me cativou a ler outros livros dela?




8 Comentários

  1. Mais um romanceeeeee assim meu coração não aguenta hahahahha
    Pelo menos esse não parece ser clichê ahaha
    Obrigada pela resenha Gleyce e presta atenção na mamãe ahaha. Beijo

    ResponderExcluir
  2. Blog lindo e resenha também!
    Parabéns <3
    http://talvez-sejasimples.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Linda resenha!
    Adoro esses livros que despertam várias emoções no leitor. Vou adicioná-lo à lista.
    Suas fotos ficaram lindas, parabéns!
    Beijos,
    http://www.fabulonica.com/

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha !! Amo romances, já vou até anotar o nome do livro para ler depois hahaha
    amei o blog também
    beijoss
    https://wonderbookss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nunca avia ouvido falar do livro e amei a resenha!!
    Eu particularmente não gosto muito dessas transições entre passado e futuro, mas fiquei com muita vontade de ler o livro.
    Beijos
    http://no-universo-dos-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Uau, que livro lindo! Eu iria julgar o livro pela capa mas após ler esta linda resenha, fiquei louca para ler tudo de uma vez. Nossa, eu amo desvendar o passado e ver os personagens em busca do perdão. Sei que vou sofrer com a personagens principal por causa da namorada do cara (eu sinto ciúmes até em livros rsrs), mas sei que a leitura será sensacional!
    Beijos, Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  7. adoro romance hahah !! apaixonada pelo livro..
    gosto muito desses tablets de livros online (q a cabeça de vento aqui esqueceu o nome rs) mas tudo bem, porém não posso ler muito na internet por que u uso óculos e geralmente fico com muita dor de cabeça e tals.. por isso prefiro ler no livro de papel mesmo hahah
    já estou seguindo seu blog :3 se vc puder dar uma passadinha no meu e deixar seu follow se vc gostar te agradeço desde já :)
    bjs u3u
    http://fallingflowersofficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Adorei o blog, gostei dos posts.
    Te seguindo como Art of life and books, segue o meu blog, tem muita coisa boa.♥
    Art of life and books

    ResponderExcluir